Bandeira dos Estados Unidos representando o artigo sobre como tirar visto americano

Quer descobrir as melhores dicas sobre como tirar visto americano e ser aprovado? Vem com a gente!

Você quer saber como tirar o visto americano e não vê a hora de colocar os pés na Disney, na quinta avenida, na estátua da liberdade e em muitos outros lugares incríveis? Ou seu objetivo é ficar na terra do tio Sam por muito mais tempo e trabalhar ou estudar nos Estados Unidos? 

Muita gente sonha em viajar para a América do Norte. Mas… a hora de tirar o visto causa aquele frio na barriga. Afinal, os Estados Unidos tem fama de ser bastante rigorosos com a entrada de estrangeiros. Será que é mesmo verdade? Existe algum segredo para ser aprovado e conseguir tirar o visto?

Para ficar por dentro de tudo isso e muito mais, não perca nossas dicas.

➡️ Descubra Nova York sem gastar muito

Passei por essa experiência de tirar o visto americano pela primeira vez recentemente e vou contar tudo que você precisa saber para cumprir com sucesso a etapa de tirar o visto americano.

E, no final, você irá descobrir algumas dicas para ser aprovado pelo consulado e passar de primeira nesse processo.

Bora descobrir?

Como tirar visto americano pela primeira vez

Quem nunca passou pelo processo de tirar o visto pode pensar que o processo é muito complicado ou difícil. Mas, na realidade, é algo muito mais simples. 

Trata-se apenas de resolver algumas questões burocráticas e de estar preparado para preencher os critérios exigidos pelos órgãos oficiais. Fazendo isso, sua entrada será aprovada sem problema.

E a melhor forma de lidar com qualquer tipo de burocracia é estar bem preparado para conhecer todas as etapas do processo. Desta forma, você irá passar por cada procedimento com total tranquilidade e segurança. 

Descubra o passo a passo para tirar o seu visto.

1- Tenha o seu passaporte em dia e atualizado

Pode parecer óbvio, mas não custa falar. O visto só é concedido para pessoas que estão com o passaporte dentro da validade e sem nenhuma pendência.

Então, antes de se concentrar no visto, verifique a necessidade de obter o passaporte, de  atualizar os dados ou de renovar o seu passaporte atual.

2- Preencha o formulário on-line

Vá até a página do consulado americano e preencha o formulário DS-160.

Esta etapa é obrigatória para todos os indivíduos que desejam solicitar a permissão para entrar nos Estados Unidos.

A página estará toda em inglês, mas é possível selecionar uma ferramenta de tradução no próprio site. Este recurso possibilita que você responda a todas as perguntas em português.

Assim que você selecionar seu país de origem, o sistema irá gerar um código único. É importante que você guarde ele para futuros acessos. 

⭐️ Importante: logo na primeira etapa você precisa selecionar a cidade que você quer tirar o visto. Você está com pressa pra tirar o visto e mora em São Paulo? Cogite a possibilidade de tirar o visto em outro lugar, como Brasília ou Recife, que tem datas mais próximas. Foi o que eu fiz.

Aqui nesse link você encontra as próximas datas disponíveis para agendamento de vistos. Confira antes de começar a preencher a DS-160.

Descubra como preencher o formulário

O formulário é composto por diversas perguntas sobre você.

O objetivo principal, para o governo, é ter a certeza de que não está permitindo a entrada de pessoas perigosas ou mal intencionadas. 

Também é importante para o consulado se certificar de que você terá um local para ficar e que você pretende voltar ao Brasil no prazo correto. 

É muito importante que você preencha todos os campos com a máxima atenção por dois motivos principais. O primeiro é que seu pedido pode ser recusado logo nesta etapa, dependendo das respostas. 

O segundo motivo é que em etapas posteriores, como a entrevista, por exemplo, não deve haver nenhuma divergência entre as respostas. 

Caso contrário, suas chances de conseguir a permissão para entrar nos Estados Unidos também podem diminuir.

⭐️ Importante: muitas pessoas acreditam que ter uma passagem já comprada para os Estados Unidos antes de tirar o visto é uma boa ideia. Mas acreditem, não é. Quando você já tem uma passagem emitida para os EUA antes de ter o visto, o Consulado pode encarar isso como se você estivesse tentando pular uma etapa do processo, sabe? Do tipo: “ué, como essa pessoa acha que vai viajar se ela ainda não tem o visto?”. Então, gente: não comprem a passagem antes de tirar o visto, ok? Não é uma regra, mas é melhor não arriscar.

E na hora de preencher a DS-160, recomendo que você siga o passo a passo desse vídeo da NOW Vistos. Fiz o processo de solicitação de visto sozinha com o tutorial abaixo e deu tudo certo! o/

3- Pague a taxa

O preenchimento do formulário DS-160 é gratuito. Mas enviar as respostas para análise, ou seja, fazer a solicitação para obter o visto americano, é um serviço pago. A taxa varia de acordo com o tipo de visto que cada pessoa irá solicitar

Depois de terminar o preenchimento do formulário DS-160, você será direcionado para uma nova página, onde poderá fazer o pagamento para solicitar o visto. É possível escolher entre emitir um boleto bancário ou fazer o pagamento com cartão de crédito. 

É importante saber que o valor pago não é reembolsável em nenhuma hipótese e que o pagamento se refere ao pedido de concessão do visto. Ou seja: mesmo pagando a taxa, existe a possibilidade de que o pedido de entrada seja recusado.

E aí, se for recusado, você precisa começar todo o processo de novo.

Assista o vídeo abaixo se tiver dúvidas na hora de agendar sua entrevista e pagar o boleto.

4- Agende a sua entrevista

Após o pagamento da taxa ser confirmado, é hora agendar sua visita ao CASV, para coleta de biometria. Você também deverá marcar sua visita ao Consulado Americano, para fazer a entrevista. 

Quem estiver nas cidades de Brasília, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo pode tentar agendar os dois compromissos para o mesmo dia. O ideal é deixar um intervalo de, no mínimo, 3 horas entre uma visita e outra. 

A primeira etapa do processo é o CASV – lá eles vão pegar suas digitais e o seu passaporte. Depois vem a entrevista, que acontece no Consulado Americano da cidade.

⭐️ Importante: não é permitido entrar com bolsa ou celular no Consulado. Nesse caso, você precisará deixar suas coisas em casa ou em algum locker perto do local. Em Brasília, por exemplo, você pode guardar seu celular por R$20 ou sua bolsa por R$40 em um locker na frente do Consulado (sim, caríssimo!).

Quais documentos levar no CASV?

Para sua ida ao CASV, você precisa levar:

  • Confirmação do agendamento de entrevista (eles pedem logo na entrada);
  • Confirmação de preenchimento do DS-160 (indispensável!);
  • Passaporte válido pelos próximos 06 meses; 
  • Passaportes anteriores (caso haja)
  • RG ou CNH
  • Comprovante de pagamento da taxa de solicitação (normalmente não é solicitado, mas vale levar)

Quais documentos levar na entrevista do visto americano?

Quando for comparecer à entrevista, não esqueça de levar o original e a cópia dos documentos exigidos, como:

  • Passaporte válido pelos próximos 06 meses; 
  • Passaporte antigo (se houver);
  • RG (carteira de identidade);
  • Certidão de nascimento, de casamento ou divórcio;
  • Comprovante de residência;
  • Cópia da declaração para o Imposto de Renda;
  • Carteira de trabalho ou contrato de trabalho;
  • Extrato bancário dos últimos três meses;
  • Comprovantes de renda mensal dos últimos três meses;
  • Comprovante do hotel ou outra acomodação onde você irá ficar;
  • Comprovante de vínculo com escola ou universidade (se houver)

Lembra que falamos ali em cima que você não pode entrar com bolsa e mochila no Consulado? Providencie uma pastinha transparente para guardar todos esses documentos. Você só vai poder entrar com ela.

É importante saber que a lista de documentos pode variar de acordo com o tipo de visto. Então, confira as informações oficiais do consulado antes de sair de casa. 

⭐️ Importante: aqui é válido dizer que pode ser que eles não te peçam nenhum desses documentos, mas você não vai arriscar, né? Tirar o visto americano é um processo caro e demorado. Por isso, melhor sobrar documento do que faltar.

5- Siga as orientações do Consulado Americano

Depois de todo este processo, é só aguardar. Não esqueça de seguir as instruções para acompanhar o status da sua solicitação. 

Se tudo der certo, em pouco tempo você receberá o aviso de que foi aprovado. Aí, é só ir buscar o seu passaporte com o carimbo de permissão para entrar nos Estados Unidos.

Seguros Promo

Como tirar visto americano: tipos de visto

O tipo de visto que você irá solicitar vai depender de quais são os objetivos da sua viagem para os Estados Unidos.

Veja os tipos de visto americano mais comuns.

Como tirar visto americano para visitantes

Há duas categorias de vistos para visitantes. Quem vai ficar por um tempo em solo americano deve escolher a categoria B. Descubra o motivo:

B: Visitantes temporários

A quem se destina: Este visto é para quem vai visitar os Estados Unidos por pouco tempo. O visto B1 é para as viagens de negócios, como: participar de reuniões, seminários, conferências, treinamentos, visitar uma filial da empresa em que trabalha aqui no Brasil, entre outros. 

Já o visto B2 é concedido para quem viaja a lazer, para fazer turismo ou para visitar parentes e amigos. este visto também é concedido para pessoas que procuram tratamento médico em solo americano.

Se você quer ir pra Disney, Nova York, Miami… provavelmente esse será o tipo de visto que você vai solicitar na sua DS-160.

Tempo máximo de permanência no país: no máximo seis meses. 

Taxa para solicitar: 160 dólares

C: Pessoas em trânsito

A quem se destina: Para pessoas viajando para outro país que irão fazer conexão nos Estados Unidos. Este visto é necessário para passageiros, tripulantes de aviões ou de navios. Enfim, para todos que precisarão parar nos Estados Unidos durante a viagem. 

Taxa para solicitar: 160 dólares

Como tirar visto americano para estudante

Quem vai aos Estados Unidos para estudar deve escolher uma das seguintes categorias de visto:

F: Estudante acadêmico ou de línguas

A quem se destina: É concedido para quem vai fazer curso de inglês, universidade americana ou estudar em uma escola nos Estado Unidos. 

É preciso que você  esteja matriculado em uma instituição de ensino credenciada no Programa de Visitantes para Intercâmbio de Estudantes. O estudante também deve fazer o credenciamento no SEVIS e pagar a taxa deste sistema.

Tempo máximo de permanência no país: 4 anos, podendo variar de acordo com a duração do curso

Taxa para solicitar: 160 dólares

M: Estudante vocacional ou não acadêmico

A quem se destina: Para todos os estudantes que vão fazer cursos não acadêmicos, por exemplo: cursos técnicos e profissionalizantes.

 Assim como no caso da categoria anterior, é  preciso estar matriculado em uma instituição de ensino credenciada no Programa de Visitantes para Intercâmbio de Estudantes. O estudante também deve fazer o credenciamento no SEVIS e pagar a taxa deste sistema.

Tempo máximo de permanência no país: 3 anos, sendo necessário renovar anualmente

Taxa para solicitar: 160 dólares

J: Estudante de Intercâmbio

A quem se destina: O visto J  é para todos que irão participar de um programa de intercâmbio. Também se aplica para quem irá estudar em sistemas como: Au Pair, Summer Work Travel e Ciência Sem Fronteira.  

É  preciso estar matriculado em uma instituição de ensino credenciada no Programa de Visitantes para Intercâmbio de Estudantes. O estudante também deve fazer o credenciamento no SEVIS e pagar a taxa deste sistema.

Tempo máximo de permanência no país: 2 anos, podendo ser renovado

Taxa para solicitar: 160 dólares

Como tirar visto americano para trabalhadores

Há muitas categorias de vistos para quem quer trabalhar nos Estados Unidos. Elas se dividem de acordo com a atividade profissional. Descubra algumas delas:

D: Tripulantes

A quem se destina: Este visto é para todos que fazem parte da tripulação de uma aeronave ou de embarcações. Piloto, comissário de bordo, engenheiro, capitão, marujo, salva-vidas e prestadores de serviços em navios de cruzeiro se qualificam para este Visto. 

Para fazer o pedido, é preciso comprovar vínculo com a empresa. Também é necessário ter uma carta do empregador que justifique a ida e a permanência do empregado em solo americano.

Taxa para solicitar: 160 dólares

I: Mídia e Jornalistas

A quem se destina: A todos os representantes da imprensa estrangeira que precisam fazer filmagem, pesquisa e divulgação de  notícias nos Estados Unidos. Para se qualificar, a pessoa precisa comprovar que trabalha para um órgão da imprensa sem sede em território americano. 

O visto I é concedido para: jornalistas, cineastas, distribuidores, técnicos e jornalistas freelancer contratados por uma empresa estrangeira.

Taxa para solicitar: 160 dólares

H, L, O, P, Q, R: Trabalhadores temporários

A quem se destina: A todas as pessoas que vão trabalhar nos Estados Unidos mas que não pretendem ficar no país como imigrantes. A letra do visto é atribuída de acordo com a atividade profissional exercida. 

Algumas das atividades que se qualificam para estes vistos são: artistas, pessoas com habilidade extraordinária, especialistas, trainees e  atletas. Também são aceitos trabalhadores religiosos, como padres, pastores e rabinos. 

Para solicitar o visto de trabalhador temporário, é necessário que o empregador inicie o processo. Ele deve enviar uma petição para o Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos. Depois, o trabalhador poderá iniciar o pedido para o visto.

Taxa para solicitar: 190 dólares

Ficou curioso para saber mais? Descubra todas as categorias de visto americano e qual é o  valor de cada uma.

Como tirar visto americano: dicas para ser aprovado

Agora que você já sabe todo o procedimento, descubra algumas dicas para ter a sua solicitação aprovada de primeira:

1- Tenha muita, muita atenção ao responder o formulário DS-160

As perguntas deste formulário tem como objetivo comprovar a sua idoneidade e seus bons antecedentes.

Como dissemos, é possível ser eliminado ainda nesta etapa, então responda tudo com a maior seriedade possível. 

Lembre-se de que é muito importante não mentir nem prestar informações falsas. Isso porque, nestes dois casos, sua entrada em território americano pode ser negada de forma permanente.

2- Comprove seu vínculo com o Brasil

Uma das grandes preocupações do governo americano é que o visitante se torne um imigrante ilegal. Por isso, o ideal é que, na entrevista, você leve documentos que comprovem sua ligação com o Brasil.

Algumas formas de mostrar vínculo são: carteira ou contrato de trabalho, comprovante de que você está matriculado e estudando. Também são levados em consideração vínculos familiares, atividades voluntárias, estabilidade financeira e renda mensal.

Se você tiver comprovantes de viagem para outros países do exterior, leve. Eles irão ajudar na hora da aprovação. 

⭐️ Dica: se for possível, antes de tentar pedir seu visto americano, viaje para outros países – pode ser Argentina, Colômbia, Uruguai, Chile… Faz diferença já ter o passaporte carimbado. Na minha entrevista, por exemplo, me perguntaram se eu já tinha viajado antes.

3- Não erre nas respostas

Os entrevistadores costumam ser bastante atentos e detalhistas. É importante que todas as respostas da sua entrevista estejam de acordo com as informações do formulário. 

Certamente a entrevista no consulado deixa a maior parte das pessoas um pouco ansiosas. Mas é fundamental ter calma e responder tudo com muita atenção.

O grande ponto aqui é: não minta, mesmo.

4- Vista-se bem

Pode parecer uma dica batida, mas funciona.

Lembre-se de que é importante passar uma boa impressão, então vista-se bem para a entrevista no consulado. 

Prefira um estilo mais social e evite decotes, saias muito curtas e roupas justas demais. Bonés, camisas regata ou com estampa chamativa demais e bermudas também não são bem vistas. Opte, também, por sapatos fechados e em nenhuma hipótese vá de chinelo. 

É bom também lembrar que você passará por detectores de metal, então deixe os acessórios deste material em casa. 

5- Tenha calma e paciência

Quando você estiver na entrevista, lembre-se de ter calma independente da situação.

Esteja preparado para esperar, para enfrentar filas e para responder às mesmas perguntas mais de uma vez. Não demonstre irritação, seja educado e siga todas as instruções com calma e tranquilidade.

Seguros Promo

Pronto para tirar o seu visto americano?

Agora é só separar os documentos e começar o processo para pedir seu visto americano. Em pouco tempo você estará no avião, pronto para viajar.  

➡️ Descubra os países baratos para viajar em 2022

E aí, animado para descobrir os Estados Unidos bem de pertinho? Conta para a gente nos comentários se gostou das nossas dicas de como tirar o visto americano!

você também pode curtir:

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.